quinta-feira, 30 de agosto de 2012

3 temporada. capitulo 1.


O vento soprava meus cabelos, a musica enchia meus ouvidos e cantava o mais alto que podia, ao meu lado Bruna cantava junto rindo com os cabelos agora mais curtos no ombro com pequenas mechas douradas, podia ouvir também Daniel batendo no banco traseiro no ritmo da musica e sem esquecer Gabriel que fazia o solo de guitarra com a boca como se fosse o Slash.Era um dia ensolarado naquele deserto escaldante.Não havia civilização, não havia nada.Estávamos indo para um lugar desconhecido por humanos e sagrado para anjos e talvez inalcansavel também.
Hoje completava 2 anos que o amor de minha vida foi tirado de mim.Hoje completava 2 anos de buscas.Hoje eu relembrava o que tive que passar com esses anjos.E hoje eu tinha a certeza finalmente que estávamos indo no caminho certo.Nesses anos encontramos com anjos e demônios, deuses e espíritos.Entre muitas lutas e aprendizados, eu podia olhar para todos ali e concordar que havíamos mudado e nos tornado mais fortes.Mas com todos esses aprendizados, com todo o poder que eu possuía eu ainda não era bom em uma coisa, na verdade era péssimo e fraco, eu não conseguia me livrar da dor da perda.Perde-la foi pior do que morrer.Morrer seria um alivio para mim.Mas eu era vivo na realidade? O termo morto não se encaixava em ser um anjo, mas também acho que o termo vivo não se encaixa.Ser um anjo é confuso.A vida em si era confusa.Gostaria que ela estivesse aqui, com certeza ela encontraria respostas as minhas perguntas ou inventaria alguma resposta só para me fazer rir.A musica acabou e Bruna me cutucou.

-Tem certeza que está indo pro caminho certo?

-Tenho, é a sétima vez que você me pergunta isso já.Fui eu que vi o caminho pelos olhos daquele Deus do Sul.Sou o único que sie o caminho, não sei por que está tão desconfiada.

-Desculpa foi só uma pergunta. - Bruna deu de ombros mudando de musica.

-Teve mais sonhos essa semana Jeffer? - perguntou Gabriel com um tom estranho.

Os sonhos.Todos nós estávamos tendo sonhos estranhos e perturbadores, descobrimos com o tempo que é Caroline tentando se comunicar, mas nunca é ela que aparece, sempre é algum sinal, uma nova pista.Para resumir tudo nos levou há isto, uma estrada para a cidade dos anjos, onde temos a chance de liberta-la.

-Não, mas algo me diz que vamos ter logo.

-Vai ser complicado de agora em diante, essa estrada , esse caminho vai nos levar a sonhos ainda mais perigosos.

-O que você quer dizer com isso Daniel?

-Quero dizer que se não acordarmos pode ser que ficamos presos com Caroline, e se já é dificiul libertar uma pessoa imagina duas!E alem do mais Caroline faz parte do mundo dos sonhos, nós não.Vamos morrer se não acordarmos.

Apertei o volante firme. Bruna viu que eu estava tenso e deu um sorrisinho encorajador.

-Vai ser uma viajem longa - disse Daniel com um ponto de medo na voz.

Sim com certeza seria uma viajem longa, mortifera e sem volta.Quando se encara este caminho não há volta.Siga em frente eu disse a mim mesmo, apenas siga em frente.Apertei a corrente de assas de anjo de Caroline que estava em meu pescoço.Lutarei por você meu anjo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!Falem o que acharam desse capitulo!Sua sujestão é muito valiosa para mim!